Spatz3 - Balão Intragástrico Ajustável

Saiba se você é um candidato ao tratamento com o Balão Spatz3

Voiced by Amazon Polly

Vontade de emagrecer é praticamente uma unanimidade entre a maioria das pessoas. Mas, quando essa vontade envolve a saúde, a atenção deve ser redobrada.
Será que você é um candidato ao tratamento? Veja aqui o passo a passo da colocação do balão.

Algumas pessoas tentam perder peso com dietas mirabolantes e tratamentos clínicos, com medicamentos e acompanhamento de especialistas, mas mesmo assim não conseguem o resultado esperado, tanto para a estética quanto para a saúde e a qualidade de vida.

De acordo com o Ministério da Saúde, mais da metade dos brasileiros está acima do peso e a tendência é que este número aumente. Para não entrar nas estatísticas, uma das alternativas mais recomendadas pela comunidade médica é o tratamento com a colocação do Balão Intragástrico.

Como saber se sou um(a) candidato(a) ao tratamento com o Balão Intragástrico?

  1. IMC:

Uma das maneiras mais simples de saber se você está acima do peso – e, portanto, deve começar a se preocupar em emagrecer por motivos de saúde – é calcular o seu Índice de Massa Corporal (IMC).

O IMC é uma medida utilizada para identificar a sua margem de peso saudável, conforme sua altura. O IMC acima de 27kg/m² é um alerta para a sua saúde e a primeira atitude recomendada é procurar um médico. Aprenda a calcular o seu IMC aqui.

  1. Consulte um médico:

Caso o seu IMC esteja realmente acima de 27kg/m², é importante se consultar com um médico que avalie o caso para recomendar ou não o tratamento com o Balão Intragástrico, que serve como um estímulo para o emagrecimento e, associado à reeducação alimentar, pode oferecer resultados surpreendentemente rápidos e de longo prazo. O procedimento reduz a capacidade do estômago, provocando a perda de apetite e saciedade, auxiliando no emagrecimento.

  1. Exames:

Após a consulta com o médico e a decisão tomada, será preciso realizar alguns exames que garantam a segurança do paciente, eliminando riscos. Por meio dos exames indicados pelo médico e do histórico hospitalar, é possível identificar se o paciente possui alguma contraindicação ao uso de balões intragástricos. O médico pode contraindicar pacientes que já tenham feito alguma cirurgia gástrica ou que possuam atualmente úlcera péptica, hérnia hiatal significativa, problemas de coagulação do sangue, esofagite grave, uso crônico de antiinflamatórios, alcoolismo ou algum outro problema que possa ser agravado pela colocação do balão. Por este motivo, é muito importante que seja realizada uma endoscopia prévia.

  1. Colocação do balão, sem cirurgia:

Assim que o paciente for liberado para o tratamento, agenda-se a colocação do Balão Intragástrico por meio de um procedimento ambulatorial simples e sem cirurgia: a endoscopia. O balão é inserido pela boca até o estômago sem cortes e todo o processo pode durar de 20 a 30 minutos, apenas.

  1. Alimentação:

A reeducação alimentar é um fator primordial para o sucesso do tratamento com o Balão Intragástrico e tomar alguns cuidados desde o primeiro dia é fundamental.

Nos primeiros dias, apesar de não ficar internado e receber alta em poucas horas após o procedimento de colocação do balão, o paciente deve ingerir apenas líquidos. O próximo passo é incluir alimentos pastosos, como purês. Dentro de alguns dias o médico libera a alimentação completa, com produtos sólidos.

  1. Exercícios:

A prática de atividade física moderada (ao menos 30 minutos ao dia) está liberada desde o primeiro dia após a colocação do Balão Intragástrico. Manter-se ativo e fugir do sedentarismo, que é muito perigoso à saúde, também é muito importante para o sucesso do tratamento. Mas, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é preciso tornar-se um atleta! Fazer caminhadas leves, subir e descer escadas, andar de bicicleta, dançar ou nadar são exercícios suficientes para manter a saúde em dia, desde que feitos com frequência.

  1. Ajustes:

O balão intragástrico Spatz3 é o único do mercado brasileiro que é ajustável em volume e com permanência de um ano no estômago do paciente. O sistema exclusivo do Spatz3 permite que o médico aumente o volume do balão em um procedimento ambulatório de 15 minutos, aumentando a eficácia do tratamento.

Isso permite que o médico opte por iniciar com um volume baixo, até que o paciente se adapte ao tratamento, de maneira confortável e com o mínimo possível de efeitos indesejáveis. Após a completa adaptação do paciente, o médico pode aumentar o volume aos poucos, garantindo um emagrecimento gradual e progressivo.

  1. Retirada do balão:

Após 12 meses de tratamento com acompanhamento médico e reeducação alimentar, chega o momento da retirada do balão. Realizada por meio do mesmo procedimento ambulatorial e sem cirurgia, a endoscopia é indolor e sem cortes. O paciente recebe alta poucas horas após o processo, que dura aproximadamente 20 minutos.

É importante ressaltar que os resultados obtidos com o tratamento só terão longo prazo se o paciente mantiver os novos hábitos alimentares e a prática diária de exercícios físicos.

 

Para saber mais sobre o tratamento de sobrepeso e obesidade com o Balão Intragástrico Spatz3, consulte seu médico de confiança.

Avatar

Equipe Spatz

coronavirus-e-obesidade

Arquivos

Olá! Clique para iniciar o seu atendimento com nossa equipe.

WhatsApp