Spatz3 - Balão Intragástrico Ajustável

Emagrecer rápido demais: Por que os médicos não recomendam?

Voiced by Amazon Polly

Emagrecer rápido é o sonho de todo mundo que está na luta contra balança. Essa ansiedade em obter resultados de forma rápida e milagrosa faz com que as pessoas acabem recorrendo a dietas radicais. Mas é necessário ter paciência nesse processo de emagrecimento, já que emagrecer rápido pode ser prejudicial à saúde.

Com o passar do tempo, os especialistas perceberam que o organismo dos seres humanos precisa de um tempo para se adaptar às mudanças ao invés de emagrecer rápido demais. Quando o emagrecimento acontece de forma rápida, podem surgir complicações físicas e psicológicas. A Organização Mundial de Saúde (OMS), determina que emagrecer com saúde significa perder de 1kg a 1,5kg por semana. Mais do que isso, já não se considera mais um emagrecimento saudável.

O que ocorre é que geralmente quem quer emagrecer rápido faz dietas muito restritivas. Dietas essas que têm déficit de nutrientes. A falta de minerais como potássio, cálcio e magnésio acarretam problemas para a saúde. Por isso, se você investir em um plano de emagrecimento equilibrado, você emagrecerá com saúde e garantirá resultados duradouros.

Quando o organismo não tem tempo de se adaptar ao novo estilo de vida, o corpo manda sinais de que algo não está indo bem. Emagrecer rápido demais, pode trazer além de outras, as seguintes complicações:

  • Alterações cardíacas: uma das complicações que podem surgir com emagrecimento rápido são alterações nos batimentos cardíacos. Pode ocorrer arritmia, principalmente proveniente da utilização de remédios para emagrecer. O tratamento normalmente é feito com a inserção de um marcapasso temporário, até que a situação se estabilize.
  • Alterações Hepáticas: pode haver complicações no fígado, ocasionadas pelo aumento do metabolismo da gordura.
  • Alterações na Libido: alguns pacientes apresentam diminuição na produção de hormônios sexuais.
  • Anemia: algumas dietas que prometem emagrecer rápido geram carência de vitamina B (contida nos cereais) e ferro (contido nas carnes vermelhas e verduras escuras). Essa situação pode comprometer o bom funcionamento cerebral e cognitivo.
  • Baixa imunidade: com a baixa ingestão de alguns nutrientes e vitaminas, o sistema imunológico é afetado. Há maior incidência de gripe, infecções, viroses e até mesmo alergias.
  • Cálculos renais ou na vesícula: a grande concentração de ácido úrico na corrente sanguínea favorece o aparecimento de pedras nos rins ou na vesícula.
  • Distúrbio Hidroeletrolítico: ao emagrecer rápido demais, a pessoa pode urinar mais vezes do que o normal e perder água e sais minerais. Com isso, pode haver desidratação. Normalmente isso ocorre por conta do abuso de alimentos diuréticos ou utilização de remédios diuréticos.
  • Embolia: pessoas com peso em excesso tendem a apresentar formação de coágulos que impedem a passagem do sangue nas veias. Isso ocorre por causa dos altos níveis de triglicérides e de colesterol. Quando há um emagrecimento muito rápido, os coágulos podem aumentar, elevando o risco da doença.
  • Flacidez: emagrecer rápido pode ocasionar flacidez excessiva. A pele não acompanha a redução de peso rápida e fica flácida. Isso normalmente acontece porque um emagrecimento muito acelerado, ao invés de proporcionar queima de gordura, gera perda de músculos. Ou seja, massa magra. Além disso, a falta de nutrientes deixa as fibras de colágeno e elastina danificadas.
  • Metabolismo lento: quando há uma redução drástica na ingestão de calorias, o organismo se protege armazenando toda caloria ingerida. Com isso, o corpo queima menos calorias e o metabolismo passa a funcionar de maneira mais lenta.
  • Osteoporose: emagrecer rápido, principalmente em mulheres que estão na menopausa e já apresentam osteoporose, a doença tem tendência a se agravar. Em alguns casos, o controle da doença se dá através de reposição hormonal.
  • Prisão de ventre: com as dietas altamente restritivas, que prometem emagrecer rápido, existe maior chance de ter intestino preso. Isso ocorre pela forma como as dietas se apresentam. Normalmente são pobres em fibras.
  • Queda de cabelos e unhas fracas: muitas pessoas não percebem, mas uma dieta pobre em nutrientes afeta também a saúde dos cabelos e das unhas.

Além das complicações físicas, emagrecer rápido também acarreta complicações do âmbito psicológico. Corpo e a mente andam juntos! Ao adotar uma dieta pobre em nutrientes o funcionamento do seu cérebro pode ser afetado. Isso pode gerar inclusive alterações psicológicas. Algumas pessoas não conseguem libertar-se daquela autoimagem de “gordo”. Existe um conflito entre a forma real da pessoa e como ela se vê. Distúrbios alimentares e psicológicos que antes não existiam podem aparecer.

A compulsão alimentar, por exemplo, é algo que normalmente ocorre com pessoas que emagrecem rápido demais. A privação exagerada das dietas rígidas para emagrecer rápido faz com que o corpo entenda que está em ”situação de perigo”. Com isso, as células de gordura estimulam seu cérebro, de forma que você não se sinta satisfeito. Seu corpo passa a absorver tudo o que é ingerido para não se sentir ameaçado.

Por essas razões é que os médicos não recomendam emagrecer rápido demais. Para emagrecer com saúde e de forma eficaz, é necessária uma dieta equilibrada, atividade física e cabeça no lugar!

Ao manter uma alimentação adequada você estará ingerindo todos os nutrientes necessários para o bom funcionamento do seu corpo. Isso evitará que você adquira problemas ainda mais sérios do que o excesso de peso. Além disso, comendo bem você combate a compulsão alimentar e aumenta as chances de manter o peso ideal! 

Juntamente a uma alimentação balanceada, a prática de atividade física proporciona maior queima calórica e um metabolismo mais acelerado. Isso também colabora para um aumento da massa muscular, essencial para garantir bons resultados.

Dessa forma, para que você emagreça de forma saudável e eficaz, é indispensável procurar ajuda de profissionais. Eles são capacitados para orientar e prescrever planos de emagrecimento, focados em cada caso clínico e necessidade especifica. Mesmo que as orientações relacionadas à alimentação e à atividade física sejam unanimidade para quem quer emagrecer com saúde, aquilo que serve para uma pessoa pode não servir para outra. Por isso é importante ter um plano personalizado.

Emagrecer rápido é tentador e pode proporcionar uma falsa motivação inicial, mas é necessário ter muita paciência. Não existem fórmulas mágicas para emagrecer rápido demais e continuar com a saúde em dia!

Avatar

Equipe Spatz

coronavirus-e-obesidade

Add comment

Arquivos

Olá! Clique para iniciar o seu atendimento com nossa equipe.

WhatsApp