Spatz3 - Balão Intragástrico Ajustável

Emagrecer: Metodologias, dietas, procedimentos e cirurgias

Dietas restritivas, jejum intermitente, cirurgias, reeducação alimentar e balão intragástrico: conheça os principais métodos para emagrecer.

Voiced by Amazon Polly

Dietas restritivas, jejum intermitente, cirurgias, reeducação alimentar e balão intragástrico: conheça os principais métodos para emagrecer.

Emagrecer nunca foi uma tarefa fácil. Em geral, tendemos a engordar com certa facilidade, e emagrecer apenas com processos bem pensados e demorados. Mas cada tipo de método de emagrecimento traz seus prós e contras.

Nesse texto, vamos falar de alguns deles, seus benefícios e impedimentos. Continue sua leitura para saber mais!

Dietas restritivas

Em alguns casos, as dietas restritivas também podem ser vistas como dietas milagrosas. Elas são o primeiro método que vem à cabeça quando se fala em emagrecer. “Fechar a boca” é o meio mais popular de perder alguns quilos extras.

Nessas dietas, algum elemento é reduzido drasticamente. Algumas cortam o açúcar e a gordura. Outras, carboidratos. Em alguns casos, glúten ou lactose. E, as mais populares, cortam muitas calorias da alimentação.

Muitas pessoas atingem resultados rápidos com essas dietas. Mas até onde elas são benéficas?

Vantagens das dietas restritivas:

  • Perda de peso rápida;
  • Resultados visíveis em pouco tempo;
  • Ajuda a combater e controlar alergias e intolerâncias, dependendo da dieta.

Nesse último caso, é importante dizer que a vantagem só é aproveitada por quem tem a intolerância. Por exemplo, pessoas intolerantes à lactose se beneficiam de uma dieta sem lactose. Talvez, essa mesma pessoa não veja nenhuma diferença se começar uma dieta com menos carboidratos.

Desvantagens das dietas restritivas

  • Ganho de peso após o fim da dieta;
  • Altos índices de desistência;
  • Ineficácia em longo prazo.

Quando dietas restritivas são indicadas?

Na maioria das vezes, dietas restritivas são mais indicadas quando uma questão médica está em jogo. Por isso, antes de pensar em começar uma dieta assim para emagrecer, é essencial consultar um médico.

Muitas vezes, acreditamos que cortar todo um grupo alimentar é a solução. Mas isso pode ser a causa de muitas doenças. Seu médico é a pessoa mais indicada para dizer se carboidratos, glúten ou qualquer outro componente está afetando sua saúde.

Jejum intermitente

Composto de longos períodos sem alimentação, o jejum é um método para emagrecer muito popular hoje em dia. Sua metodologia é simples: com longos períodos sem receber mais calorias, o organismo passa a queimar gordura para ter energia.

Algumas pessoas apresentam bons resultados com o jejum. Outras, não veem diferenças. Por isso, é importante pesar prós e contras.

Vantagens do jejum intermitente:

  • Ajuda a regular o colesterol e a insulina;
  • Não é preciso fazer grandes restrições alimentares;
  • É flexível para diferentes tipos de rotinas.

Desvantagens do jejum intermitente:

  • Os longos períodos sem alimentação podem causar compulsão;
  • Ainda é preciso ter uma alimentação equilibrada e pouco calórica para ser eficiente;
  • Muitas pessoas se sentem com menos energia e disposição.

Quando o jejum intermitente é indicado?

O jejum intermitente não é indicado para um caso específico. Ele é, no entanto, contraindicado em muitos casos: para crianças e adolescentes, para mulheres grávidas e para pessoas com histórico de distúrbio alimentar.

Porém, ele pode ser uma alternativa para pessoas que, em geral, não sentem fome pela manhã. Assim indo jantar às 21h, você pode ficar 12h ou mais sem comer e não sentirá diferença. Já se você já acordar com fome, esse método de emagrecer pode não ser o ideal.

Métodos cirúrgicos

As cirurgias para emagrecer são métodos mais invasivos. Duas técnicas são utilizadas: a colocação de banda gástrica e o by-pass. Ambas são conhecidas como cirurgias bariátricas.

Na colocação de banda gástrica, uma faixa é posicionada na parte superior do estômago, diminuindo suas dimensões. Já o by-pass é uma técnica em que parte do estômago é cortada. Nos dois casos, a ideia é que o emagrecimento ocorra porque o estômago tem menos espaço.

Vantagens dos métodos cirúrgicos:

  • Acompanhamento médico antes, durante e depois do procedimento;
  • Métodos comprovados de emagrecimento;
  • Eficaz e satisfatório para quem está tentando emagrecer a muito tempo.

Desvantagens dos métodos cirúrgicos:

  • Altamente invasivos;
  • Pós-cirúrgico lento, com muitos cuidados necessários;
  • Possibilidades de voltar a ganhar peso caso os hábitos não sejam ajustados.

Quando a cirurgia é indicada?

Ambos os procedimentos cirúrgicos são indicados nas mesmas ocasiões. O paciente precisa ter um IMC superior a 35 ou 40, e é preciso fazer diferentes tipos de exames para se ter certeza de que a cirurgia será segura.

No geral, esse método é indicado apenas depois de todos os outros serem descartados. Quando dietas e exercícios físicos não funcionam mais, a cirurgia é colocada como alternativa. Mas, primeiro, se dá preferência a métodos menos invasivos.

Reeducação alimentar

Reeducação alimentar é, muitas vezes, relacionada a dietas. Mas ao contrário das dietas restritivas, ela não costuma cortar grupos de alimentos ou contar com calorias extremamente baixas. Pelo contrário: às vezes, a alteração calórica é bem baixa.

Isso porque, para emagrecer, a reeducação alimentar conta com métodos mais sustentáveis a longo prazo. A ideia é ensinar o indivíduo a se alimentar de forma mais saudável, em vez de apenas pensar em calorias.

Vantagens da reeducação alimentar:

  • Emagrecimento sustentável, sem retornar ao peso original facilmente;
  • Foco na saúde e nos bons hábitos;
  • Sem grandes restrições alimentares.

Desvantagens da reeducação alimentar:

  • Progressão lenta a gradual;
  • Muitas vezes, os resultados não condizem com o que o paciente espera.

Quando a reeducação alimentar é indicada?

A grande vantagem da reeducação alimentar é que ela é indicada para todo mundo que quer emagrecer. Em muitos casos, ela também é indicada para quem não está pensando em perder peso. Afinal, todos nos beneficiamos de uma dieta mais voltada para legumes, frutas, vegetais e grãos.

É importante ressaltar que o mais indicado é combinar a reeducação alimentar com exercícios físicos. Além de aumentar o gasto calórico, eles promovem mais força, flexibilidade, agilidade e resistência. Por isso, a reeducação alimentar e a atividade física são indicadas, inclusive, para quem está utilizando outros métodos de emagrecimento ao mesmo tempo.

Balão intragástrico

O balão intragástrico é um método parecido com as cirurgias bariátricas. Porém, ele não é feito por meio de cirurgia. Por uma endoscopia, é inserido um balão dentro do estômago. Esse balão ocupa uma certa dimensão e, com isso, reduz o espaço do estômago. A sensação de saciedade chega mais rápido e, assim, se come menos.

Vantagens do balão intragástrico:

  • Procedimento pouco invasivo;
  • Resultados rápidos, como após uma cirurgia;
  • Sensação de saciedade, não de restrição.

Desvantagens do balão intragástrico:

  • A maioria dos modelos precisa ser retirada após seis meses de uso;
  • Mesmo com o uso do balão, é preciso ter uma alimentação equilibrada e pouco calórica;
  • O balão pode causar desconforto e, depois de um tempo, não apresentar mais resultados.

Quando o balão intragástrico é indicado?

Em geral, o balão gástrico costuma ser indicado nas mesmas situações em que as cirurgias bariátricas. Porém, para pacientes que não podem ou não querem passar por uma cirurgia. Por ter menos riscos, ele se apresenta como uma alternativa mais simples.

Balão intragástrico Spatz

Ainda que todos os balões intragástricos tenham vantagens, o modelo oferecido pela Spatz se diferencia dos outros. Isso porque ele resolve algumas das questões que costumavam incomodar os pacientes.

Em primeiro lugar, ele pode ser usado por mais tempo. Enquanto a maioria dos balões pode ser usada por seis meses, o balão Spatz pode ser usado por um ano.

Em segundo, ele é ajustável. Por isso, quando há desconforto, ele pode ser acomodado às necessidades do paciente. E se chegar a um momento em que os resultados param de aparecer, ele pode ser aumentado.

Além disso, o balão Spatz é colocado a partir de um procedimento pouco invasivo, e mais de 90% dos pacientes afirmam que tiveram resultados satisfatórios.

Quer saber mais? Acesse o site da Spatz!

Avatar

Equipe Spatz

coronavirus-e-obesidade

Arquivos

Olá! Clique para iniciar o seu atendimento com nossa equipe.

WhatsApp