Casos de
Sucesso

Conheça os casos de pacientes que
utilizaram o balão Spatz3.

Com os balões ajustáveis da Spatz3 maiores são os índices de sucesso

Enquanto pode ser necessário remover os balões padrão devido à intolerância, o volume do Spatz3 pode ser ajustado, prolongando o processo de tratamento para obter os melhores resultados de perda de peso. Os balões perdem o efeito após 3 a 4 meses. Apenas um balão ajustável possibilita que seu volume seja aumentado para renovar seu efeito.


“Perdi 41 kg (92 lb) em 12 meses com o balão Spatz.”

Perder peso sempre foi um desafio para mim. Eu tentei de tudo. Você sabe do que estou falando - dieta, exercícios e pílulas. Ou não funciona ou não dura. Mesmo se eu seguisse a dieta cuidadosamente, era muito difícil e, por fim, fracassei.

Eu sabia que precisava de ajuda para controlar meu apetite, mas pílulas dietéticas não funcionam tão bem. Quando ouvi sobre o sucesso dos balões, fiquei muito interessada em ver se essa abordagem funcionaria para mim.

Eles estavam testando um novo balão ajustável no hospital universitário perto da minha casa. Meu médico sugeriu que eu tentasse.

Os primeiros dias não foram tão ruins quanto eu esperava. Senti náusea e ânsia de vômito, mas consegui superar. Depois disso, foi muito melhor. Meu apetite diminuiu e perdi peso constantemente. Após cerca de quatro meses e meio, meu apetite começou a voltar. Meu médico recomendou adicionar mais fluido ao balão. Voltei ao hospital para um procedimento rápido. Desde então, perdi mais 15 kg.

Minha vida mudou. Estou muito feliz com os resultados até agora. Eu me sinto muito orgulhosa quando minhas amigas me dizem que eu estou ótima. Minhas roupas ficaram tão largas que eu tive que renovar o guarda-roupa. O mais importante de tudo, é que me sinto ótima”.

Acompanhamento após 3 anos:

“Estou indo muito bem. Perdi mais 7 kg desde que meu balão foi
removido. Aquele ano de tratamento com o balão realmente me
ajudou a mudar meus hábitos alimentares”.


“Perdi 8 kg no primeiro mês com o balão Spatz.”

“Após eliminar oito quilos no primeiro mês minha autoestima melhorou muito e isso foi fundamental para o tratamento com Balão Intragástrico Spatz3. Também houve uma mudança alimentar, de forma gradual e sadia, com acompanhamento nutricional. Aprendi que o exagero não é saudável. Até hoje encontro pessoas que não haviam me visto após o tratamento e ficam surpresas com o feito. Essa sensação é fenomenal”

Juliano José Christofoletti, 41 anos


“Perdi 20 kg com o balão Spatz.”

“Durante muito tempo eu lutei contra a balança e tentei de tudo. Fiz dieta, exercícios, mas nunca conseguia atingir resultados satisfatórios. Descobri a alternativa do balão intragástrico e fui me informar mais. Depois de muitas pesquisas e ouvir o meu médico optei pela colocação do balão gástrico de doze meses. Perdi 20kg desde então”

Daniel Bogo, de 43 anos


“Sou uma pessoa muito mais feliz.”

“Eu cheguei em um estágio que não conseguia mais ter disposição para nada. Pelo excesso de peso eu sentia dores no quadril e não conseguia fazer atividades físicas. Tenho mais disposição para o trabalho e para brincar com a minha filha. Fora que sou uma pessoa muito mais feliz”

Renata Lambertini, 36 anos


“Eu passei anos tentatndo emagrecer.”

“Eu pesquisei bastante antes e o balão gástrico foi essencial. Eu passei anos tentando emagrecer. Sempre fiz dieta, sempre fiz exercícios e nunca consegui. Ai optei por colocar o Balão Spatz de um ano. Eu pesava 94 kg quando coloquei o balão e dez meses depois estava com 67 kg. Eu precisava muito de uma nova autoestima. Muda a cabeça da gente. Hoje eu posso comprar a roupa que eu quero e não a que serve. Isso não tem preço”

Magda Cecília de Godoy Derbeto, 34 anos


“Colocar o Balão Spatz melhorou minha vida em tudo.”

“Colocar o Balão Spatz melhorou minha vida em tudo. Em relação aos cansaços excessivos e até mesmo na autoestima. Antes do balão eu não gostava nem de comprar roupas e hoje não posso ver uma loja. Minha vida mudou completamente. Nada se compara ao resultado final. O acompanhamento nutricional e psicológico me deram muito suporte também”

Hyllas Regina Cuba Coutinho, 23 anos

Encontre o médico mais próximo

Selecione seu estado
Selecione sua cidade