Spatz3 - Balão Intragástrico Ajustável

Porque o balão intragástrico é mais seguro que outros tratamentos

Por que o balão intragástrico é mais seguro que outros tratamentos

Menos invasivo do que os tratamentos cirúrgicos, o método de emagrecimento com o balão intragástrico é uma opção segura para o combate ao sobrepeso e à obesidade.

Diferente de cirurgias, o procedimento de colocação do balão intragástrico é ambulatorial, ou seja, não precisa ser realizado em um centro cirúrgico. Isto porque não há grandes incisões. O balão intragástrico é colocado no estômago do paciente por meio de um procedimento endoscópico, parecido com uma endoscopia comum – exame solicitado por gastroenterologistas para avaliar a saúde do sistema digestivo.

Utilizando um endoscópio adaptado com instrumentos específicos para a essa técnica, o endoscopista introduz o balão intragástrico via oral até o estômago, evitando expor o organismo a riscos.

Considerado pela comunidade médica internacional um procedimento minimamente invasivo, ele dura em média uma hora e o paciente tem alta no mesmo dia, após um breve período de observação.Ver Mais

Como o balão intragástrico funciona?

Nosso corpo trabalha por meio de estímulos nervosos vindo do cérebro que enviam mensagens aos órgãos. Estes nos dão o “recado” para realizarmos nossas ações diárias, como comer quando há fome, beber no caso de sede, repouso na hora do cansaço, dor e até mesmo sentimentos que indicam problemas no funcionamento do organismo. A reeducação alimentar e o processo de emagrecimento também são um exercício de recondicionamento do nosso sistema nervoso central.

Por exemplo, se eu comer bastante vou engordar, caso não equilibre a quantidade e qualidade da ingestão de alimentos com atividades físicas. Existem substâncias tóxicas e viciantes e o organismo vai pedir por elas cada vez mais. O balão intragástrico é utilizado como método de redução da ingestão de alimentos, provocando uma sensação de saciedade, enviando mensagens ao cérebro para a pessoa parar de comer. O papel do balão intragástrico, portanto, é de enganar o cérebro, fazendo a pessoa comer menos.

No caso do balão intragástrico Spatz3, ele pode ocupar até 50% da cavidade estomacal por até 12 meses. Isso significa que, além de desviar parte do alimento, fazendo com que o organismo não precise absorver o excesso que gera o sobrepeso, o peso e o espaço ocupado pelo balão intragástrico enviam uma mensagem ao cérebro de saciedade, ou seja, vai diminuir o impulso nervoso por alimentação. Este é o principal segredo do tratamento.

Claro que o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar é essencial, pois durante o tratamento com o balão intragástrico é necessário que o paciente se prepare para uma transformação na sua vida. Os novos hábitos alimentares e a prática regular de exercícios físicos é que vão fazer com que a pessoa consiga manter o peso ideal após o término do tratamento. Por isso o médico, o nutricionista e o psicólogo auxiliam no processo todo, monitorando as reações fisiológicas do corpo e também as emocionais.

Outro benefício do tratamento para emagrecer com o balão intragástrico é a possibilidade de retirar o dispositivo a qualquer momento pelo médico, caso haja a necessidade. Tanto a colocação quanto a retirada ocorrem sem cortes em procedimentos rápidos e indolores.

O ideal é encontrar um médico de confiança e conversar com ele sobre o procedimento, tirando todas as suas dúvidas em relação ao balão intragástrico.Encontre um médico habilitado para colocar o balão intragástrico perto de você clicando aqui!

Canal Spatz

Add comment

Arquivos