Spatz3 - Balão Intragástrico Ajustável

É possível engravidar com o balão intragástrico?

engravidar com balão
Voiced by Amazon Polly

Sim, é possível, mas entenda as implicações tanto para o tratamento quanto para a saúde do bebê e da mamãe.

O assunto é delicadíssimo e envolve muitas dúvidas. Por isso, nós da equipe do Canal Spatz preparamos esse conteúdo com muito carinho.

Muitas mulheres, infelizmente, precisam adiar o sonho de serem mães por conta do excesso de peso. Isso porque a obesidade aumenta o risco de complicações na gestação como o diabetes gestacional. Além disso, a obesidade pode afetar a fertilidade, dificultando a gravidez.

Por esses motivos, antes de começar a tentar engravidar é necessária uma dedicação para emagrecer com saúde, para preparar o corpo para essa gravidez. Uma das maneiras mais eficazes de emagrecer com saúde para engravidar é recorrer ao balão intragástrico.

O que é o balão intragástrico?

O balão intragástrico é um recurso clínico, isto é, não requer cirurgia. O tratamento consiste na colocação de um dispositivo de silicone dentro do estômago por meio de endoscopia. O objetivo é ocupar um determinado espaço do estômago, controlando melhor a saciedade. É aí a atuação do balão intragástrico na redução do apetite. Isso acontece porque o estômago quando está vazio secreta grelina – o chamado “hormônio da fome”. Sendo assim, o balão intragástrico “engana” o organismo, atrapalhando a produção da grelina. Por isso o balão intragástrico reduz o apetite.

Esta é a maneira mais eficaz até hoje de reduzir o apetite sem cirurgia, segundo especialistas em emagrecimento saudável. Alternativa à cirurgia seria o uso de medicamentos. Mas não existem medicações que sejam capazes de inibir a secreção da grelina, este potente estimulante da fome.

Com menos apetite, a tendência é emagrecer mais rápido do que sem o balão. Mas é evidente que o balão não faz milagres. O tratamento com o balão intragástrico demanda dedicação do paciente. É preciso que a mulher que quer realmente emagrecer tenha consciência de que a mudança de hábitos é fundamental para alcançar seu objetivo. A prática regular de exercícios físicos e uma alimentação balanceada são premissas para manter o peso ideal e, com isso, ter mais qualidade de vida e saúde.

O médico endoscopista do HC-FMUSP Sérgio Barrichello, especialista em emagrecimento da Clinica Healthme – Gerenciamento de Perda de Peso, garante que se trata de um procedimento seguro.

“A maioria das mulheres que opta pelo balão intragástrico ainda está em idade fértil, aumentando a expectativa de conseguir engravidar após o balão. Em alguns casos, o procedimento pode representar o primeiro passo para uma gestação sem riscos, desde que a paciente siga todas as recomendações médicas”, diz.

Mas é possível engravidar com o balão intragástrico dentro do estômago?

Sim. É possível, mas não pode. Uma das recomendações médicas é justamente evitar a gravidez. Parece contraditório usar o balão intragástrico para engravidar e evitar a gravidez, não é?

Nós explicamos!

É que o uso do balão intragástrico é contraindicado em pacientes gestantes ou em aleitamento. Mas é um recurso muito recomendado para o planejamento da gravidez. Para que melhorar as chances de fecundação e para que a gestação seja mais segura e mais confortável. Tanto para a mãe quanto para o bebê.

Se ocorrer a gravidez durante o uso do balão intragástrico, é recomendada a sua retirada. A melhor maneira é reforçar os métodos contraceptivos durante o período de uso do balão. “Mas, caso a paciente engravide, não é recomendável a retirada do balão antes da 12ª semana de gestação em razão da retirada ser realizada com as drogas utilizadas para anestesia”, diz Barrichello. 

Menos peso, menos risco!

A gravidez de uma mulher que já se submeteu ao tratamento com o balão intragástrico é considerada mais segura e com menos riscos do que a de uma paciente obesa. De acordo com estudos clínicos, após o emagrecimento o risco de doenças como diabetes gestacional, pré-eclâmpsia, entre outras, é acentuadamente reduzido.

Segundo Barrichello, muitas mulheres que procuram o procedimento apresentam dificuldade em engravidar, pois a obesidade causa uma sobrecarga hormonal provocando uma infertilidade relativa.  Como o balão intragástrico auxilia na redução de peso, os ciclos menstruais voltam à frequência natural e a ovulação acontece normalmente. 

Além disso, com a perda de peso, a mulher pode proporcionar condições necessárias para a concepção e a gestação, além de conseguir aproveitar a maternidade de forma mais saudável. “É importante que a gestação após a retirada do balão seja programada e assistida pelo médico obstetra e pelo nutricionista, para que o ganho de peso durante a gestação seja consciente e apenas o necessário para o bem estar da mãe e do bebê”, explica o especialista.

Portanto, o balão intragástrico pode ser um grande aliado das famílias que querem ter filhos! O importante é fazer o planejamento assistido pelo seu médico de confiança.

Não conhece um médico habilitado a colocar o balão intragástrico?

Encontre aqui um especialista próximo de você!

Canal Spatz

Add comment

Arquivos