Spatz3 - Balão Intragástrico Ajustável

Da cabeça ao estômago! Como funciona o Tratamento com o Balão Intragástrico?

Voiced by Amazon Polly

Nosso corpo trabalha por meio de estímulos nervosos vindo do cérebro que enviam mensagens aos órgãos. Estes nos dão o “recado” para realizarmos nossas ações diárias, como comer quando há fome, beber no caso de sede, repouso na hora do cansaço, dor e até mesmo sentimentos. A reeducação alimentar e o processo de emagrecimento também é um exercício de recondicionamento do nosso sistema nervoso central.

Por exemplo. Se eu como bastante, eu vou engordar caso não equilibre a alimentação com atividades físicas. Existem substâncias tóxicas e viciantes e o organismo vai pedir por elas cada vez mais. Uma das formas de você diminuir o consumo exagerado de alimentos é por meio do tratamento com balão intragástrico, recomendado no caso de obesidade e sobrepeso (IMC acima de 27).

O procedimento, além de ser minimamente invasivo, pois consiste na colocação de um balão de silicone por meio de procedimento endoscópico no estômago, serve como uma forma de “enganar o cérebro”, fazendo o paciente comer menos. No caso do balão Spatz, ele pode ocupar até 50% da cavidade por até 12 meses. Isso significa que, além de desviar parte do alimento, fazendo com que o organismo não precise absorver o excesso que gera o sobrepeso, o balão envia uma mensagem ao cérebro de espaço preenchido, ou seja, vai diminuir o impulso nervoso por alimentação. Este é o segredo principal do tratamento.

Claro que o acompanhamento por profissionais multidisciplinares é essencial, pois durante o tratamento é necessário que o paciente se prepare para uma nova educação alimentar quando  ele for encerrado. Por isso, clínicos, nutricionistas e psicólogos auxiliam no processo todo, monitorando as reações do corpo. Outro benefício do tratamento intragástrico é a possibilidade de se retirar o balão a qualquer momento pelo médico, caso haja a necessidade. Tanto a colocação quanto a retirada ocorrem sem cortes em procedimentos rápidos e indolores.

O essencial é procurar o seu médico de confiança e conversar com ele sobre o procedimento. No site do Canal Spatz você pode entrar em contato com a equipe e buscar um profissional credenciado na sua cidade e saber sobre o tratamento. É hora de mudar, nem que para isso seja preciso dar uma “enganadinha” no cérebro. É para o bem dele e o seu!

Avatar

Equipe Spatz

coronavirus-e-obesidade

Add comment

Arquivos

Olá! Clique para iniciar o seu atendimento com nossa equipe.

Fale conosco no WhatsApp