Spatz3 - Balão Intragástrico Ajustável

Balão Gástrico: antes e depois do procedimento

antes e depois balao gastrico

A obesidade, como já exposto em nosso blog, é considerada uma epidemia no Brasil. No país, 18,9% da população é considerada obesa e 54% se enquadram nos parâmetros de sobrepeso. Esses dados foram divulgados em 2018, pela Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel). Em decorrência disso, o balão gástrico pode ser uma alternativa auxiliar para combater a obesidade.

Vale ressaltar que a questão da obesidade no Brasil está diretamente relacionada a questões de saúde. Além do sedentarismo e maus hábitos alimentares, há diversos fatores que podem levar ao sobrepeso, como uma predisposição genética, estado emocional e psicológico da pessoa. Dessa maneira, em alguns casos, a pessoa que necessita perder peso não consegue administrar essas questões sem um suporte profissional.

Balão Gástrico aliado ao emagrecimento

O balão gástrico é uma alternativa eficaz para o combate à obesidade. Algumas pessoas com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 27 podem ter indicação para o tratamento com o balão gástrico.

O balão gástrico é um dispositivo fabricado em silicone cirúrgico, desenvolvido para ser introduzido no estômago. Quando posicionado no estômago do paciente, age reduzindo a capacidade de armazenamento de comida, devido ao espaço que ocupa no estômago. Dessa forma, há uma sensação de maior saciedade com menor ingestão de alimentos. Em conseqüência disso, os pacientes tendem a perder peso de forma saudável e eficaz.

Porém, não somente o Índice de Massa Corporal deve ser avaliado para saber se o paciente está apto fazer tratamento com o balão gástrico. Depois de passar pela consulta com um gastroenterologista, será necessário passar por alguns exames importantes, que garantem a segurança do paciente. Juntamente à análise clínica, os exames poderão indicar se o paciente interessado possui alguma contraindicação para realizar o tratamento. Alguns casos, como o de pacientes que já realizaram alguma cirurgia gástrica ou apresentem algumas doenças, não devem utilizar o balão gástrico. Por este motivo, é muito importante que todos os exames solicitados pelo médico, sejam realizados e avaliados com atenção.

Tão logo o paciente seja liberado para inserir o balão gástrico, a colocação é agendada. O procedimento para colocar o balão gástrico, dura em média 15 minutos e é feito em ambulatório. Através de uma endoscopia, o dispositivo é inserido pela boca até o estômago do paciente, sem cortes ou necessidade de internação.

A vida após colocação do balão gástrico

Apesar de ser um tratamento indolor e não invasivo, alguns cuidados após a colocação do balão intragástrico são essenciais para garantir o sucesso do tratamento. A eficácia do resultado de emagrecimento com esse método depende muito do engajamento do paciente. É necessário que o paciente esteja disposto a modificar hábitos alimentares e manter o corpo em movimento!

Por esse motivo, os médicos indicam o acompanhamento com uma equipe multidisciplinar. Essa equipe, geralmente composta por médico, psicólogo, nutricionista e educador físico, costuma apresentar melhores resultados. 

O médico é o responsável por garantir que tudo saia dentro do esperado, preservado assim a segurança do paciente que irá inserir o dispositivo. É muito importante ter em mente que a busca por um médico qualificado e com experiência no tratamento com balão gástrico, é indispensável.

Encontre um médico na sua cidade

O acompanhamento psicológico é importante para que o paciente tenha o devido suporte e atenção, na hora de readequar a sua vida, com uso do balão gástrico.  Isso permite que a pessoa aprenda a lidar com questões emocionais muitas vezes estão relacionadas a compulsões alimentares. Conseguir identificar o que é fome de verdade e o que é “fome emocional” é um dos pontos a serem explorados com esse suporte profissional.  Como acompanhamento multidisciplinar é iniciado antes do procedimento, o psicólogo ajuda a preparar o paciente emocionalmente para realizar o procedimento. Assim o profissional já começa a trabalhar a cabeça do paciente para as mudanças de hábitos necessárias.

O balão gástrico ajuda o paciente a ingerir menos calorias, mas somente o nutricionista ensinará a comer corretamente. Ter ajuda de um nutricionista ou nutrólogo garantirá que a alimentação após o procedimento seja realizada de forma adequada, atendendo as necessidades nutricionais de nosso organismo.  Mesmo que o procedimento de inserção do balão gástrico seja algo simples, são necessários alguns cuidados especiais.

Quando o paciente é liberado para ir para casa, nos primeiros dias deve ingerir apenas líquidos. Aos poucos, alimentos pastosos como purês, por exemplo, começam a ser introduzidos na dieta. Passados mais alguns dias após a colocação do balão gástrico, gradativamente o paciente começa a se alimentar normalmente, reintroduzindo alimentos sólidos ao cardápio. Para garantir que as etapas da alimentação após a inserção do balão gástrico sejam feitas corretamente, é importante ter ajuda nutricional. Além disso, passado todo o processo de adaptação ao dispositivo, é importante manter uma dieta equilibrada, para garantir a eficácia do tratamento.

O educador físico é peça chave para potencializar a perda de peso. Não existem milagres, para emagrecer com saúde é necessário gastar mais energia que as calorias ingeridas. O educador físico é essencial para indicar uma rotina de exercícios segura e com a regularidade necessária para cada paciente. 

E como será a vida após a retirada do balão gástrico?

É verdade que os pacientes costumam dividir sua vida antes e depois do procedimento. É bem provável que as mudanças ocasionadas com o uso do dispositivo divida bem estes dois momentos. A rotina alimentar, prática de exercícios e a qualidade de vida em si, são bem diferentes antes e depois do procedimento com balão gástrico. Isso quer dizer que, mesmo após a retirada do balão gástrico, é necessário seguir com os novos hábitos. Quando o paciente deixa de seguir as orientações nutricionais, por exemplo, há uma possibilidade de reganho de peso, o que prejudica a eficácia do tratamento.

Por isso, para garantir um emagrecimento saudável e duradouro, é necessário ter em mente que o sucesso, depende do comprometimento de cada paciente.

Se você está preparado para modificar sua vida e ter seu antes e depois do tratamento com balão gástrico, entre em contato! O Spatz3 pode te ajudar a ter melhor qualidade de vida ao emagrecer com saúde.

Tire suas dúvidas!

Canal Spatz

Add comment

Arquivos