Digite a palavra-chave

O ENDOSCOPISTA BRUNO SANDER QUE JÁ FOI USUÁRIO DE BALÃO INTRAGÁSTRICO FALA COM EXCLUSIVIDADE PARA O CANAL SPATZ

Bem vindo ao CanalSpatz

O ENDOSCOPISTA BRUNO SANDER QUE JÁ FOI USUÁRIO DE BALÃO INTRAGÁSTRICO FALA COM EXCLUSIVIDADE PARA O CANAL SPATZ

O ENDOSCOPISTA BRUNO SANDER QUE JÁ FOI USUÁRIO DE BALÃO INTRAGÁSTRICO FALA COM EXCLUSIVIDADE PARA O CANAL SPATZ

O Canal Spatz teve a oportunidade de conversar com Bruno Sander (CRM-MG 41490), endoscopista e cirurgião mineiro que trabalha com balão intragástrico há nove anos, tendo implantado mais de 2.500 balões neste período. Além de toda experiência como médico, Sander viveu o outro lado da mesa e conta com exclusividade porque escolheu este método de emagrecimento após anos de luta contra a balança. “Optei pelo uso do balão intragástrico por ser um método que eu sempre acreditei e por ter visto tantos resultados excepcionais”.

Conheça esta história e informe-se melhor sobre os avanços do método de emagrecimento com o balão intragástrico ajustável só aqui no Canal Spatz.

Canal Spatz: Dr. Bruno, desde 2007 o senhor é capacitado em tratamento, colocação e retirada de balão intragástrico. Desde então, quantos pacientes o senhor ajudou a emagrecer com este método?

Bruno Sander: Trabalho com balão intragástrico há nove anos. Neste período já foram mais de 2.500 balões implantados. A maior parte dos pacientes conseguiu alcançar uma perda de peso bem expressiva e mostrou-se muito satisfeita com o método e os resultados alcançados. Graças a esta satisfação, a maioria dos pacientes que atendo hoje vem até mim indicada por outros pacientes que já fizeram o procedimento e indicam a outros.

É uma grande satisfação poder ajudar aos que buscam a Clínica Sander com o objetivo de perder peso. A satisfação dos pacientes em ter um sonho realizado e o reconhecimento dos colegas pela seriedade do nosso trabalho são as nossas maiores recompensas.

Canal Spatz: Por que o senhor optou pelo balão intragástrico como principal método de emagrecimento realizado em sua clínica, em Belo Horizonte? 

Bruno Sander: Por ter sido obeso grande parte da minha vida e ter sofrido muito com isto, decidi que seguiria, dentro da medicina, uma área que fosse dedicada ao tratamento do sobrepeso e obesidade e que apresentasse bons resultados. Vi no balão intragástrico uma opção menos agressiva que a cirurgia bariátrica, por ser um tratamento endoscópico e reversível. Desta forma direcionei a minha formação profissional aos procedimentos endoscópicos e pouco invasivos para a perda de peso. Assim iniciei uma jornada de especializações, pós-graduações, cursos e congressos, inclusive fora do País, sempre voltados a esta área. O Brasil hoje se destaca como um dos países de maior respeito mundial neste setor. Conseguimos inclusive apresentar e sermos premiados em diversos trabalhos na Europa e Estados Unidos.

Canal Spatz: Como funciona este tratamento e para quem ele é indicado?

Bruno Sander: O balão intragástrico e inserido no estômago por endoscopia, ou seja, sem cortes. É um procedimento rápido e que não requer a internação do paciente. A função do balão intragástrico é ocupar espaço dentro do estômago permitindo que o paciente coma uma quantidade menor de alimentos, alcançando uma saciedade de maneira mais precoce. Isto faz com que a adequação a uma dieta hipocalórica se torne menos difícil e a perda de peso passa a ser uma consequência desta reeducação alimentar auxiliada pelo balão. Ele é indicado para pacientes com sobrepeso e obesidade. O IMC [Índice de Massa Corporal] mínimo para o uso do balão intragástrico é de 27kg/m² e o tempo máximo de uso é de 12 meses. Após este período ele é retirado, também por endoscopia e o paciente deve manter os novos hábitos adquiridos na perda de peso para manter-se com um peso saudável.

Canal Spatz: O senhor mesmo já foi usuário de balão intragástrico, não é mesmo? Pode nos contar um pouco da sua experiência e resultados?

Bruno Sander: Sim. Fui usuário do balão intragástrico no ano de 2011. Sempre vivi em luta com a balança, e neste ano me descuidei bastante e acabei por ganhar bastante peso. Desta forma, optei pelo uso do balão intragástrico por ser um método que eu sempre acreditei e por ter visto tantos resultados excepcionais. Coloquei em prática as tão faladas mudanças de hábito, associando ao uso do balão os exercícios físicos e a reeducação alimentar e o resultado foi muito satisfatório. Consegui, com a ajuda do balão intragástrico, ter uma perda de 36 kg.

Canal Spatz: Com os avanços de técnicas e tecnologias da medicina moderna, hoje já existe um balão intragástrico que pode permanecer por até 12 meses dentro do estômago do paciente. Como este maior tempo pode influenciar nos resultados do tratamento?

Bruno Sander: A medicina tem evoluído constantemente no que diz respeito a tratamentos para a perda de peso. Com o balão intragástrico não poderia ser diferente. Com um período maior de permanência (12 meses), o paciente terá um tempo maior para aderir a novos hábitos e incorporá-los a sua rotina. Desta forma, torna-se menos difícil a manutenção do peso perdido graças a um tempo prolongado de uso de um dispositivo que visa, além de trazer mais saciedade, auxiliar na reeducação alimentar.

Canal Spatz: Além do maior tempo de permanência, há a possibilidade de ajustar o volume do balão para mais ou para menos ao longo do tratamento. Por que este pode ser considerado um avanço para o método de emagrecimento com balão?

Bruno Sander: Outra mudança que foi muito bem vinda foi o fato de que, durante o período de uso do balão, é possível alterar o seu volume de preenchimento, adequando-o às necessidades pessoais de cada paciente, otimizando desta forma o resultado final. Além disto, nos casos em que a adaptação estiver mais difícil e demorada, podemos diminuir o volume de preenchimento, ajudando a controlar os sintomas do paciente.

Canal Spatz: Em sua opinião, qual é o futuro do balão intragástrico no Brasil?

Bruno Sander: O Brasil hoje é o País onde se coloca mais balão intragástrico em todo o mundo. Somos o País mais respeitado na área de Endoscopia Bariátrica graças aos nossos excelentes resultados com o balão intragástrico. Existem aqui diversos centros de referência reconhecidos internacionalmente e um renomado grupo de especialistas (Brazilian Bariatric Endoscopy Group) que têm feito com que este método tenha o reconhecimento e respeito que ele sempre mereceu. Graças aos profissionais especializados que, além de trabalharem de maneira séria e técnica, com equipes multiprofissionais e que buscam atualizações constantes, o futuro do balão intragástrico no Brasil será muito longo e promissor. Estamos lutando dia após dia para isto. E os maiores beneficiados são os que, de fato, merecem o sucesso do método, os nossos pacientes!

Sem comentarios

Post um comentario

Seu endereço de email não será publicado.